Sobre

Denise Sganzerla ou D.Sganzerla

foto2

 

 

Gaúcha, residente no Rio de Janeiro. Começa a carreira como escritora aos 14 anos de idade com o livro “A Força de um Sentimento”. Desde então, escolhe seguir a carreira de atriz, forma-se na escola de Tv e Cinema de Wolf Maya e Luis D’Mhor em Porto Alegre.  Participa de peças teatrais como atriz, uma delas interpreta Glorinha, personagem da peça “Perdoa-me por me traíres” do aclamado dramaturgo Nelson Rodrigues. Neste meio tempo, Denise sai da literatura e encontra-se na arte de escrever roteiros e peças teatrais. Aos 19 anos ganha seu primeiro prêmio de teatro como texto e direção da peça “O Segredo dos Erros”. Participa de Cineclubes na cidade de Caxias do Sul, organizando Mostras e debates. Aos 20 anos  segue para cidade do Rio de Janeiro, onde participa de programas e novelas  da Rede Globo de Televisão como novela “América”, “Edifício Joelma – Linha Direta Mistério” entre outros. Após dois anos na cidade maravilhosa Denise aventura-se na faculdade de Cinema, onde produz, roteiriza e dirige seu primeiro curta documentário “Eu, Travesti” juntamente com uma amiga. Mas seu futuro está na ficção, em 2006 dirige seu primeiro curta de terror “Obsessores” e inicia uma jornada de direção e roteiros que caminham entre os gêneros terror e suspense, com os filmes “Treze-s”, “Ceifeiros”, “Desterro”, entre outros, todos curtas. Dirigiu e roteirizou uma série documental sobre os sobreviventes do holocausto residentes no Brasil. Em 2014 iniciou o projeto do Canal Mosaico, um canal que aborda histórias de diversos gêneros com qualidade de cinema, onde ela dirige e roteiriza.  O canal foi lançado em Dezembro de 2015 no Youtube. A sua trajetória é vasta e inclui criações de programas de TV, roteiros de longa-metragem, críticas, peças de teatro, etc. Hoje conta com uma filmografia em torno de 50 filmes, entre curtas, episódios web, documentários.